1 de jun de 2008

Fundação France Libertés celebra parceria com Rede Povos da Floresta

por Stefania Fernandes*


Milton Nascimento, Benki Ashaninka e Danielle Mitterrand

A Rede Povos da Floresta inaugurou sede no Rio de Janeiro e a festa também celebrou a criação da Fundação France Libertés – Danielle Mitterrand no Brasil.

Fotos Ipojucan Ludwig
Benki Ashaninka, Milton Nascimento e Ailton Krenak

A France Libertés trabalha no Brasil desde o ano de sua criação, em 1986, e desde então a Fundação presidida por Danielle Mitterrand tem aprofundado suas relações com o nosso país.

No último dia 20, a Fundação France Libertés se aproximou ainda mais de nosso povo, pois comemorou a criação de uma sede no Rio de Janeiro em parceria com a Rede Povos da Floresta. As duas entidades já têm endereço numa bela casa localizada no bairro do Horto.

O jantar contou com a presença de Danielle Mitterrand, João Augusto Fortes e lideranças indígenas como Aílton Krenak e Benki Ashaninka. Outros amigos estiveram presentes, entre eles os músicos Milton Nascimento e Paulo Jobim.

A Fundação France Libertés – Danielle Mitterrand tem um histórico de vinte anos de trabalho para o desenvolvimento social e humano, através de projetos que constroem alternativas nas áreas econômica, social e solidária.

Ela apóia projetos de desenvolvimento econômico e social e contribui para que as populações desfavorecidas possam não somente receber, mas participar na construção de sua cidadania.

* Stefania Fernandes, Rede Povos da Floresta, 01/06/2008

Um comentário:

Jose Pedro disse...

Mensagem ao Blog.

Parabens pela ajuda da Grande Ativista, Ecologista e Pessoa Humana, Danielle Mitterrand e pelo grande Cantor, Compositor e Pessoa Humana, Milton Nascimento ao Povo Ashaninka, representado pelo seuLider. Benki Ashaninka, muito importante esses Povos que ajudam na preservacao da Natureza e da Vida, mas que enfrentam os grandes invasores em busca da Madeira, hoje lamentavelmente pela Ganancia dos madeireiros eles acham que seja uma Commoditie, amanha com a derrubada da Floresta um Passivo Ambiental de Perpetualidade.

Vamos em frente.

Jose Pedro naisser.
Ecologista.
Curitiba.pr.
email. jpnaisser@hotmail.com